A futebolista Fátima Pinto, das sub-19 de Portugal, afirmou hoje que, apesar de afastada do Campeonato da Europa, a seleção “está motivada para dar tudo” frente à Bielorrússia, quinta-feira, no terceiro jogo da Ronda de Elite.
Conforme declarações difundidas na página oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), a jogadora do Ouriense está crente de que a equipa orientada por José Paisana entrará em campo “com a mesma motivação e o mesmo querer” que mostrou diante da Espanha e da Suíça, apesar de ter averbado duas derrotas.
“Já não estamos na luta pela qualificação, mas ainda temos algo a fazer neste torneio de elite. E isso passa por fazer uma boa exibição diante da Bielorrússia e somar os primeiros três pontos”, garantiu a atleta
Segundo a centro-campista, “a seleção tem uma imagem a defender”, mesmo sabendo que “todos olham mais para os resultados do que para as exibições”.
“Mas quem está neste grupo e quem nos tem acompanhado sabe o quanto lutámos e as exibições positivas que fizemos”, resumiu aquela que é uma das capitãs do combinado luso.
A jogadora mostrou-se igualmente orgulhosa com o crescimento do futebol feminino português: “Se calhar, há uns anos, os nossos adversários não nos levavam muito a sério, competitivamente falando. Agora, já impomos respeito, já nos temem e isso é um sinal do quanto evoluímos nos últimos anos”.
Portugal defronta a Bielorrússia, no terceiro encontro da Ronda de Elite, quinta-feira, no Estádio Municipal das Caldas da Rainha, a partir das 16:00.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.