A estrondosa derrota dos Mambas por 6-1 diante da Guiné Conacri já está a ter o seu impacto negativo, com o seleccionador nacional de futebol, o alemão Gert Engels, a anunciar a sua demissão do cargo que ocupava.

Gert Engels cumpriu assim uma promessa feita antes da realização da partida e que dava conta que se Moçambique falhasse a qualificação para o Mundial 2014, o treinador alemão atiraria a toalha ao chão, no que diz respeito a condução do Mambas.

Aliás, a pressão para que o treinador alemão largasse os Mambas iniciou à muito tempo, concretamente logo após Moçambique ter falhado a qualificação para o CAN 2013, após conseguir uma vantagem de dois golos em Maputo diante do Marrocos, mas que na seunda mão foi virada na segunda mão, provocando indignação por parte dos adeptos do combinado moçambicano.

A Federação Moçambicana de Futebol ainda não se pronunciou sobre o pedido de demissão apresentado por Gert Engels, devendo  fazê-lo nas próximas horas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.