A Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) reúne-se hoje para a eleição do novo Conselho de Justiça (CJ), apresentando-se a sufrágio apenas a lista liderada pelo advogado Sampaio Nora.

A assembleia eleitoral decorre a partir das 11h00, na sede da Federação Portuguesa de Futebol, em Lisboa, e o novo CJ irá substituir o elenco que se demitiu em bloco a 15 de Outubro.

Na renúncia, os membros justificaram a decisão com a impossibilidade de “pactuar por mais tempo com a situação de ilegalidade da FPF”, que ainda não adequou os estatutos ao novo Regime Jurídico das Federações Desportivas.

Sampaio Nora, membro do CJ da FPF em vários mandatos e actual presidente do CJ da Associação de Futebol de Coimbra, lidera a lista, que conta com a participação de outros colegas de profissão com experiência na área da jurisprudência, que exercem ou exerceram funções em órgãos jurisdicionais da FPF ou das associações.

O vice-presidente indigitado é Paulo Cunha, actual presidente do CJ da Associação de Futebol de Braga e ex-membro do CD da FPF, funções que desempenhou em dois mandatos.

Entre os cinco vogais que completam os membros efectivos da lista de candidatura constam os nomes de Carlos Manuel Ferreira, actual presidente do CJ da Associação de Futebol de Lisboa, António Coelho de Matos, vice-presidente do CJ da Associação de Futebol do Porto, Elísio Costa Amorim, indicado pela Associação de Futebol de Aveiro e ex-membro do CD da FPF, Luís Filipe Valério, presidente do CJ da Associação de Futebol de Setúbal, e Eduardo Carvalho Campos, presidente do CJ da Associação de Futebol de Vila Real.

Os três membros suplentes são José Carlos Parente, Manuel Natal Oliveira e Vítor Manuel Caridade, indicados pelas associações de Viana, Porto e Coimbra, respectivamente.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.