"O sorteio ditou que esta é a equipa que teremos de enfrentar e agora temos de nos preparar bem. É um jogo muito difícil para Portugal como será para qualquer equipa que está no play-off", disse Carlos Queiroz, após ser revelado o adversário da Selecção Nacional.

O técnico da equipa das quinas recordou ainda um jogo antigo, revelando a sua esperança numa 'repetição': "Ironia do destino: tive a honra de treinar a Selecção no primeiro jogo internacional da Bósnia e vencemos 1-0. Espero que esse resultado se repita agora, também no jogo fora."

O seleccionador nacional considerou a Bósnia "uma equipa difícil e que joga um bom futebol". "Temos de estar preparados para levar de vencida esta selecção."

Queiroz fez questão de realçar a necessidade de Portugal se mentalizar da importância do jogo com os bósnios, defendendo que o Mundial de 2010 não é mais uma miragem. "O Mundial já começou. Estamos a disputar a pré-eliminatória de apuramento para o Campeonato do Mundo. É preciso que a equipa, os adeptos e a imprensa cultivem os elementos que unem a todos para conseguirmos eliminar esta equipa. Vamo-nos preparar para fazer um excelente resultado em casa que nos permita ir tranquilos para o segundo jogo, embora sempre em máximo alerta. É um jogo de 180 minutos em que a primeira parte é em Portugal e é para isso que nos vamos preparar."

Os jogos estão marcados para 14 e 18 de Novembro, datas em que Carlos Queiroz já conta poder chamar Cristiano Ronaldo, que recupera de uma lesão no tornozelo direito. "Acreditamos e temos a esperança que todos os jogadores vão estar em condições para termos uma equipa com jogadores na sua melhor forma, incluindo o Cristiano Ronaldo", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.