A empresa Matobra desafiou 100 personalidades e empresas, entre elas Rosa Mota, Garett McNamara ou José Avillez, para transformarem cadeiras para apoiar o Lar Girassol, em Coimbra, numa ação apadrinhada pelo futebolista Eder.

A empresa decidiu celebrar o seu 50.º aniversário com uma iniciativa de apoio ao Lar Girassol, onde Eder cresceu, e que se situa próximo da sede da firma especializada em materiais de construção e decoração, informou hoje o seu presidente, José Carlos Martins, numa conferência de imprensa.

A iniciativa consistiu no convite a 100 pessoas, empresas e instituições, para que transformassem uma simples cadeira da Matobra, que serão leiloadas e cujo valor reverterá a favor do Lar Girassol, explanou o responsável.

Na ação apadrinhada pelo campeão europeu de futebol Eder, participaram personalidades como a antiga atleta Rosa Mota, o surfista Garett McNamara, o chef José Avillez, o cantor André Sardet.

A Câmara de Coimbra, a Universidade de Coimbra, a Critical Software, Plural, Revigres, Delta, Turismo do Centro, Diocese de Coimbra, Galp e a Licor Beirão foram algumas das instituições e empresas que também responderam ao desafio da Matobra.

As 100 cadeiras, que foram transformadas ao gosto de cada um, utilizando materiais diversos, estarão em exposição no Alma Shopping (antigo Dolce Vita), em Coimbra, de 29 de outubro a 11 de novembro.

No último dia de exposição, vai decorrer um "leilão solidário", em que a Matobra já fez uma oferta inicial de 50 euros por cada uma das peças, aclarou à Lusa José Carlos Martins.

Segundo o presidente da empresa, o dinheiro angariado no "leilão solidário" será utilizado para pagar a mão-de-obra na renovação dos balneários dos três espaços da instituição Lar Girassol, cujo material será doado pela Matobra e seus fornecedores.

A escolha do Lar Girassol é justificada pela proximidade da instituição da sede da Matobra, bem como por ter sido a casa onde Eder cresceu, sublinhou José Carlos Martins, recordando que a instituição "tem o mérito" de ter ajudado a crescer "a pessoa que deu uma das maiores alegrias dos últimos tempos" para os portugueses.

O presidente da Matobra realçou ainda que todos os convidados "dedicaram-se" e acabaram por criar "obras de arte".

Na cadeira da Critical Software há código (utilizado para software), a Académica deixou o autógrafo de todos os seus jogadores, Avillez fez uma cadeira com um assento feito de ovos e uma empresa teve cada um dos pequenos painéis da sua cadeira colados por cada um dos seus trabalhadores.

Para além da venda solidária das cadeiras a 11 de novembro, vai decorrer um jantar no mesmo dia, juntando os autores das cadeiras e as crianças dos três lares do Girassol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.