O antigo ponta-de-lança disse que o jogador brasileiro recentemente naturalizado português, convocado esta semana pela primeira vez pelo seleccionador Carlos Queiroz, “pode acrescentar” qualidade à selecção, mas mostrou-se “apreensivo” porque Liedson já "tem 31 anos".

“É um jogador que está a marcar a história do futebol português, mas a única coisa que acho é que já devíamos ter feito isto há mais tempo”, disse hoje à margem da antevisão da recepção ao Belenenses, da terceira jornada da Liga.

Para justificar a sua “apreensão” com os 31 anos de Liedson, Domingos disse que o avançado do Sporting ainda “pode ser útil nesta fase que aí vem”, mas sublinhou: “Quando se fala em selecção, temos de pensar em termos de futuro, em avançados que nos possam servir por muitos anos”.

“Serve o futebol português de momento, mas temos é que ter a preocupação de formar jogadores. Assim como formamos os guarda-redes, porque não trabalhar os avançados que têm movimentos específicos e precisam de ser trabalhados?", questionou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.