Antoine Griezmann vai ter pela frente esta quinta-feira o português Éder, o ‘pesadelo’ do jogador do Atlético de Madrid no Europeu em França, onde a vitória sorriu a Portugal. O Lokomotiv Moscovo defronta os ‘colchoneros’ a propósito dos oitavos de final da Liga Europa.

Em entrevista ao jornal espanhol Marca, o internacional português recordou o golo e a noite de festa que se seguiu em França, salientando que não gosta que o encarem como um “pesadelo” devido ao tiro certeiro apontado na final do Europeu.

“Não tenho recordações especiais do Griezmann naquela noite. Foi uma final muito intensa. Depois do apito final, só podíamos festejar. Não gosto que digam que sou um pesadelo para alguém”, afirmou Éder, mas sublinhando que gostaria de voltar a ‘tramar’ Griezmann.

“Sei que eles, além de muita qualidade, são muito fortes. Será um partido com muitos choques, porque eles lutam muito, tal como nós. Estamos preparados. Agora, estamos bem tanto na Liga como na Liga Europa, também temos qualidade e não sofremos golos”, acrescentou, aproveitando ainda para deixar elogios a Tiago Mendes, antigo colega na seleção das quinas e que agora pertence à equipa técnica de Diego Simenone no Atlético de Madrid.

“O Tiago é uma pessoa muito inteligente. Estou convicto de que será um treinador fantástico. Coincidi com ele na Seleção e guardo boas recordações, sobretudo por isso, pelo quão inteligente que era. Seria normal se ele se tornasse um grande treinador. Está a aprender muito com Simeone e estou convencido de que, depois, poderá dar tanto ao Atlético como ao futebol em geral”, finalizou o internacional português.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.