Oceano não esconde alguma mágoa pela forma como foi tratado na Federação Portuguesa de Futebol, mas iliba Paulo Bento de qualquer influência na sua saída. "Estou desiludido com outras coisas e pessoas na Federação, mas não é logicamente com Paulo Bento", afirmou o ex-seleccionador dos sub-21 à Antena 1.

"Não estou chateado pela forma como saí, porque chegou ao fim o contrato, mas pela forma como fui tratado enquanto fui seleccionador. Tive algumas condições, mas não foram as ideais. A única coisa que posso dizer é que da parte dos jogadores tive apoio e empenho total, mas faltaram mais coisas para que este projecto tivesse sucesso", acrescentou Oceano, que falhou a qualificação da equipa para o próximo Europeu da categoria.

Contudo, Oceano fez questão de reiterar que não associa a entrada de Paulo Bento na selecção, em substituição de Carlos Queiroz, à sua saída: "Penso que Paulo Bento não teve nada a ver com a minha saída.." 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.