Fernando Santos falou esta segunda-feira em conferência de imprensa de antevisão do encontro com a Itália e falou sobre Cristiano Ronaldo, autor de três golos na Arménia.

"O Real Madrid é uma das equipas que mais golos faz na Europa e mais de 50% são de Ronaldo. Os grandes jogadores são por norma determinantes. As equipas acabam por aceitar isso com grande naturalidade. Acontece com Ronaldo e com outros grandes jogadores", disse o selecionador após ser questionado sobre uma possível dependência excessiva do craque 'merengue'.

"O Ronaldo tem essa capacidade de fazer sentir que a equipa não depende só dele. E isso é muito importante. Ele diz que sozinho não vai resolver nada", referiu ainda.

Quanto ao duelo com a Itália, no qual Cristiano Ronaldo não irá atuar, o selecionador português anteviu um jogo "difícil".

"Vai ser um jogo difícil, contra uma equipa muito boa taticamente, atualmente a jogar num 4x3x3, o que não é normal numa equipa italiana. O Conte costumava jogar com três defesas, mas nos últimos jogos tem mudado para um 4x3x3. Tem jogadores agressivos, que não concedem espaços, raramente se desconjuntavam, um bloco fechado na procura da conquista da bola. Tem um jogador que lança como ninguém como o Pirlo. Mas quando não consegue jogar dessa forma, não tem problemas em jogar em ataque rápido. Tem grandíssimos jogadores, mas pela frente terão Portugal com grandes jogadores que irá tentar vencer o jogo", projetou Fernando Santos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.