“Sabíamos que Portugal ia ter mais bola. Controlámos bem no início, mas depois demos duas oportunidades ao adversário e o jogo mudou completamente”, disse Olsen, em conferência de imprensa, após o encontro da terceira jornada de apuramento para o Euro2012.

O seleccionador dinamarquês lamentou “as baixas” do seu plantel e admitiu algum nervosismo por parte dos seus jogadores ante um Portugal acutilante.

“Ficámos nervosos e nenhum dos nossos jogadores queria ter a bola. Com dois golos de vantagem, Portugal jogou em contra-ataque e criou perigo. Nos últimos 15 minutos arriscámos, mas não chegou. Estou muito desapontado mas agora temos de ir buscar pontos ao jogo de terça-feira”, realçou.

Na segunda ronda, na Dinamarca, Olsen promete vingança: ” Ainda falta um ano, mas queremos vingar a derrota deste jogo na Dinamarca. Não sabemos que jogadores estarão disponíveis, muita coisa pode acontecer”.

Portugal venceu a Dinamarca por 3-1 no Estádio do Dragão em jogo de qualificação para o Euro 2012. Nani e Ronaldo marcaram na primeira vitória de Paulo Bento à frente selecção nacional. O fantasma de Alvalade ainda pairou no Dragão mas Ronaldo exorcizou a esperança dinamarquesa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.