O técnico de guarda-redes da seleção portuguesa de futebol de sub-20 disse hoje que os guarda-redes desta geração têm qualidade para ser opções válidas para a seleção sénior no futuro.

«Estes três guarda-redes, num futuro próximo, não imediato, mas num futuro próximo, competindo e jogando a alto nível, serão, dentro de alguns anos, opções válidas para a seleção A», disse Pedro Espinha, no último dia do estágio da seleção lusa no Algarve, antes da partida para a Turquia, onde jogará o Mundial do escalão.

Bruno Varela (Benfica), José Sá (Marítimo) e Rafael Veloso (Belenenses) são os três guardiões portugueses convocados para a competição.

«São guarda-redes com enorme potencial, grande margem de progressão e que, pelas suas qualidades, técnicas e humanas, permitem antever que vão fazer carreira como profissionais de futebol. Chegar à seleção não será fácil, obviamente, mas estes guarda-redes podem ter carreiras de sucesso», acrescentou o elemento da equipa técnica liderada por Edgar Borges.

Contudo, na derrota de sexta-feira diante dos Estados Unidos (3-1), em Vila Real de Santo António, no último ensaio para o Mundial, dois erros causaram outros tantos golos norte-americanos.

«Houve duas situações, no que diz respeito à ação direta dos guarda-redes, em que não foram eficazes e não foram felizes», reconheceu Pedro Espinha, que desvalorizou os erros.

«No trajeto deles ao longo da época, na seleção e nos clubes, essa não é a nota dominante. A prestação deles na seleção nacional tem sido bastante positiva e a nossa confiança nestes três elementos é total», frisou.

O técnico de guarda-redes assegurou que a derrota não afetou a moral do grupo: «Houve algumas situações que nos deixaram tristes, mas também houve indicações positivas, que mostraram que a equipa tem capacidade para continuar crescer neste Mundial.»

O último treino do estágio no Algarve não contou com Ricardo Alves, devido a um traumatismo no joelho esquerdo, nem com Tiago Ilori e Gonçalo Paciência, ausentes por razões pessoais.

Entretanto, a federação anunciou que o jovem avançado do FC Porto foi substituído na lista de convocados para o Mundial de sub-20, devido a razões médicas, tendo sido chamado o benfiquista Ivan Cavaleiro.

Portugal estreia-se no Mundial de sub-20 a 21 de junho, frente à Nigéria, antes de defrontar a Coreia do Sul (24 de junho) e Cuba (27 de junho), estando todos os jogos, incluídos no Grupo B, marcados para a cidade turca de Kayseri.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.