As declarações de Ilídio Vale foram proferidas durante a conferência de imprensa que se seguiu ao primeiro treino matinal em terras algarvias, de preparação para a partida com Montenegro, no estádio da Bela Vista, no Parchal (Lagoa).

Este jogo insere-se no plano de preparação para a participação da selecção de Sub-20 na fase final do Mundial que se disputa na Colômbia, entre 29 de Julho e 20 de Agosto de 2011.

Apesar da vontade de vencer, Ilídio Vale admitiu que há outros objectivos que se sobrepõem: “Este jogo é um meio que vamos utilizar para procurar testar algumas variantes em relação ao que tem sido a nossa ideia de jogo e conhecer alguns jogadores que foram integrados pela primeira vez para disputar um jogo internacional neste espaço da selecção”.

O seleccionador nacional de sub-20 quer continuar “a dar saltos qualitativos” no que considera ser “a maturidade competitiva” da equipa, razão pela qual destaca a importância de que os jogadores “cresçam no plano individual e colectivo” no tempo em que se juntam nestes estágios.

Esclareceu que este é, ainda, “um grupo aberto que se vai fechando à medida que se avança no tempo”, mas apontou um prazo, entre Março e Abril, até que fique “completamente definido”.

O seleccionador de sub-20 já tem à disposição 18 jogadores, visto que Sérgio Oliveira, que tinha sido dispensado para tratar de assuntos pessoais, viajou ao final da tarde com a equipa, enquanto Ricardo Dias juntou-se ao grupo durante a noite, depois de ter sido chamado para render Flávio Ferreira que se tinha apresentado lesionado na concentração.

Entretanto, Nelson Oliveira, que já soma 48 internacionalizações, abordou o jogo, desvalorizando os dois golos que marcou no último encontro de preparação disputado em França.

“Mais importante do que eu voltar a marcar é a selecção fazer um bom teste que serve de preparação para o Mundial”, observou Nelson Oliveira, que está à espera de um “adversário forte, que vai complicar a vida à selecção portuguesa”.

Sérgio Oliveira, que já conta com 35 internacionalizações, também quer “vencer o Montenegro” e estar presente no Mundial “para evoluir enquanto jogador”, relegando “para segundo plano a visibilidade” que a competição lhe pode trazer.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.