O corpo de António Ribeiro de Magalhães encontra-se em câmara ardente na igreja de Nossa Senhora de Fátima, em Lisboa, e o funeral realiza-se na sexta-feira (12:00) para o cemitério do Alto de S. João, onde o corpo será cremado.

A FPF decidiu que os jogos organizados pela estrutura no fim de semana sejam antecedidos pela observação de um minuto de silêncio, em homenagem a antigo dirigente.

António Ribeiro de Magalhães, nascido em Alpendorada, foi presidente da direção da FPF entre 01 de fevereiro e 25 de junho de 1976 e, após a demissão de Morais Leitão, entre janeiro de 1980 e maio de 1981, altura em que tomou posse Romão Martins.

Foi ainda vice-presidente da direção entre abril de 1974 e abril de 1983, além de ter exercido a função de presidente adjunto, entre novembro de 1989 e julho de 1992, na presidência de João Rodrigues.

Em 1980, António Ribeiro de Magalhães foi nomeado membro da Comissão de Futebol Não Amador e Profissional da UEFA, onde se manteve durante quatro épocas, fazendo também parte da Comissão de Competições Inter-Clubes entre 1990 e 1992.

Em 21 de fevereiro de 1982, o congresso da FPF aprovou um voto de louvor pelos serviços prestados ao futebol português.

Também a Liga Portuguesa de Futebol Profissional apresentou «as mais sinceras condolências à família de António Ribeiro Magalhães e à FPF», através do seu sítio na Internet.

Também a Liga Portuguesa de Futebol Profissional apresentou «as mais sinceras condolências à família de António Ribeiro Magalhães e à FPF», através do seu sítio na Internet.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.