Depois do central Rúben Vezo foi a vez do avançado Éder falar aos jornalistas presentes em Óbidos sobre as hipóteses da seleção para a fase de apuramento para o Euro2016.

"É com enorme vontade que volto à seleção. Temos a ambição de fazer um grande jogo já contra a Albânia, para que consigamos entrar bem na qualificação", disse o avançado.

Único ponta-de-lança de raiz na convocatória de Paulo Bento, Éder evita dramatizar. "O 'mister' fez as suas opções e escolheu os jogadores que achava que devia escolher, e eu estou aqui para dar o meu máximo. Sinto que tenho de dar o meu melhor e é isso que espero fazer. Ainda estou à procura do golo e espero que surja já no próximo fim-de-semana".

Sobre o desempenho no Mundial2014, Éder, tal como o colega de seleção Rúben Vezo, garantiu que o mau desempenho coletivo está ultrapassado. "As coisas não correram bem, mas agora temos de pensar no presente e trabalhar bem nestes cinco dias para fazer um grande jogo", defendeu.

O avançado admite estar consciente das críticas dos adeptos depois da eliminação na fase de grupos do Mundial. "As críticas são normais. Temos que viver com isso e trabalhar todos os dias para que as coisas surjam", rematou Éder.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.