No final da entrega de prémios CNID (Clube Nacional de Imprensa Desportiva) e MEO, realizada esta terça de manhã na Bluestore TMN, no Porto, onde Jesualdo Ferreira, Hulk, Bruno Alves e a equipa de hóquei de patins do FCP foram galardoados, Carlos Queiroz aproveitou a ocasião para adiantar algumas informações sobre a lista de convocados para o “Play-off”, a acontecer dias 14 e 18 de Novembro, e ainda das expectativas da Selecção Nacional na sua “maratona” rumo ao Mundial 2010, na África do Sul.

Sobre as lesões de Bosingwa e Cristiano Ronaldo, Queiroz adiantou que está a acompanhar a situação de perto e acredita que “tudo vai correr bem”, não descartando a “cautela” necessária nestas situações. Quanto a Hugo Almeida, ”as indicações não são favoráveis para que possa jogar”.

O técnico não desvendou a lista de convocados que irá ser apresentada na próxima semana para os dois jogos do “Play-off” contra a Bósnia mas avançou que “é provável que não haja grandes novidades”. Queiroz volta a falar na corrida: “Como eu disse estamos na rampa final da nossa maratona”.

O seleccionador nacional já prepara, mentalmente os jogos contra os bósnios: “Já vi todos os jogos da qualificação da Bósnia para avaliar as suas capacidades técnicas”, acrescentando que “Portugal tem todas as condições para ultrapassar esta eliminatória, todas as razões para estar optimista. Mas não vamos jogar com uma equipa qualquer, tem excelentes jogadores, não foi por acaso que eliminou selecções como a Bélgica e a Turquia”.

Para estes dois jogos, Portugal parte com duas palavras: “com confiança e determinação temos possibilidades de estar no Mundial. Temos de ser o número 1”, disse Queiroz. Depois de ter dito que ele e sua formação não estavam na Selecção Nacional para "comer e dormir bem".

Queiroz falou ainda de esperança, comparando a sagração da Grécia no Campeonato Europeu de Futebol em 2004, realizado em Portugal, “ninguém estava à espera e eles ganharam. Porque é que não podemos também nós pensar em grande? As nossas ambições determinam as nossas atitudes e exigências dentro de campo”, rematou.

Os jogos contra a Bósnia-Herzegovina estão marcados para dia 14 e 18 de Novembro e o primeiro joga-se no Estádio da Luz.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.