Sem objectivos à vista até iniciarem, em Setembro, a fase de apuramento para o Europeu da categoria, aos jogadores portugueses faltou mais empenho do que arte para resolver o encontro mais cedo.

O estreante Abel assegurou, praticamente, a vitória lusa em “cima” do minuto 90, com um disparo à entrada da área, ao canto superior direito da baliza irlandesa, e, aos 90+5, Josué ainda ampliou a vantagem.

A equipa portuguesa, apesar do ascendente demonstrado, não conseguiu criar uma oportunidade de golo durante toda a primeira parte, mesmo com as contínuas investidas de Bebé e Diogo Viana pelas alas.

De tal forma os ataques portugueses se desfaziam na muralha irlandesa que os visitantes lá ousaram atacar o reduto dos anfitriões a partir da meia hora.

Pertenceu mesmo a Aaron Doran a melhor oportunidade do primeiro tempo: conseguiu ganhar, em velocidade, aos centrais portugueses, mas o remate saiu-lhe frouxo, quando já se encontrava dentro da grande área, em posição frontal.

O treinador Rui Jorge alterou substancialmente a equipa para o segundo período, fazendo sete substituições, com destaque para os velozes Fredy e Abel, ambos do Belenenses, que procuraram espevitar um pouco as intenções ofensivas.

Mas o jogo manteve-se morno e sem jogadas de perigo junto das balizas, até que ao minuto 90, Abel entendeu desferir um remate fabuloso para inaugurar o marcador.

Já no último dos cinco minutos de descontos concedidos pelo árbitro António Costa, Josué aproveitou um ‘deslize’ do guardião contrário, que perdeu o controlo da bola, aproveitando o português para lha roubar e encaminhá-la, calmamente, até à linha de golo.

O jogo foi acompanhado por Paulo Bento, seleccionador nacional “AA”, e por um batalhão de observadores – 18 no total – de equipas nacionais e internacionais, nomeadamente de Espanha, Inglaterra, Itália e França.

O combinado luso volta a jogar segunda-feira, em Taveiro, contra a Dinamarca, naquele que será o segundo ensaio antes do início da fase de apuramento para o Euro2013, que se inicia em Setembro, com a equipa das “quinas” no Grupo 6.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.