A seleção portuguesa de futebol embarcou este sábado no Porto para Torshavn, onde na segunda-feira defronta as Ilhas Faroé, em jogo de qualificação para o Mundial2018, perante uma dezena de fãs mas em silêncio e sem Nani.

A chegada da equipa portuguesa ao Aeroporto Sá Carneiro, no Porto, arrancou alguns gritos e palmas a cerca de uma dezena de adeptos que aguardava à entrada do cais de embarque, mas foi discreta e sempre em silêncio.

A ‘mini claque’ portuguesa conseguiu ver alguns jogadores, evidenciando-se Pepe que, ao dar a volta ao autocarro que circulou com a frase "Paixão cria paixão", ainda acenou para o exterior, mas só de longe.

Portugal partiu para as Ilhas Faroé onde joga segunda-feira, depois de sexta-feira, em Aveiro, ter vencido a seleção de Andorra por 6-0, com quatro golos do ‘capitão’ Cristiano Ronaldo, um de João Cancelo e outro de André Silva.

Após o jogo, manteve-se a dúvida sobre se Raphael Guerreiro e Nani partiriam com o grupo para Torshavn, mas só o avançado, que atua no Valência, não partiu com a turma de Fernando Santos.

Numa nota publicada no seu site oficial, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) explicou que "o jogador, que fez trabalho específico este sábado de manhã, foi avaliado pela Unidade de Saúde e Performance da FPF, tendo esta constatado a não aptidão para o jogo de segunda-feira em Tórshavn".

O jogo de segunda-feira, que será arbitrado pelo lituano Gediminas Mazeika, tem início marcado para as 19:45, hora local.

Portugal segue no terceiro lugar do Grupo B, com três pontos, menos um que a seleção das Ilhas Faroé, que segue no segundo posto, e menos três que a Suíça, que lidera.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.