A seleção portuguesa de sub-20 realizou hoje uma exibição apagada e de fraca qualidade, perdendo naturalmente por 2-0 frente ao Brasil, na terceira jornada do grupo B do 41º torneio de Toulon em futebol.

Edgar Borges, técnico responsável pela seleção de sub-20 de Portugal, operou cinco mexidas no "onze" em relação à primeira partida com a Bélgica: o guarda-redes Rafael Veloso, o defesa Mica, os médios Tiago Silva e André Gomes e o avançado Ricardo foram titulares, saindo da equipa José Sá, Kiko, Tozé, João Mário e Ivan Cavaleiro.

O Brasil resolveu a partida no espaço de um minuto, ao marcar dois golos seguidos, aos 10 e aos 11, mas foi sempre superior em todos os aspetos do jogo e, na segunda parte, limitou-se a gerir a vantagem de forma tranquila perante a impotência dos portugueses.

No primeiro golo, de autoria de Mamute, este surpreendeu o guarda-redes Rafael Veloso, com um remate colocado à entrada da área, com o pé esquerdo, e no segundo, a defesa portuguesa, desconcentrada, permitiu que Danilo finalizasse de cabeça, na sequência de um canto.

As mudanças operadas por Edgar Borges em relação ao jogo com a Bélgica, que Portugal venceu por 2-0, não surtiram efeito e a equipa esteve insegura e desconcentrada a defender e com tremendas dificuldades nas saídas para o ataque.

A equipa das "quinas" nunca conseguiu ultrapassar o bloco subido dos brasileiros, que defendiam com agressividade à entrada do meio-campo luso, e a falta de fluidez de jogo foi gritante, tal a dificuldade dos jogadores portugueses em encadearem dois passes com êxito.

É verdade que o jogo decorreu sob um vento fortíssimo, mas as condições eram iguais para as duas equipas.

Basta dizer que Portugal não criou uma verdadeira oportunidade de golo ao longo dos 80 minutos e que o Brasil ainda desperdiçou um penálti aos 61 minutos, quando Rafael Veloso parou o remate de Schmidt.

Com este resultado, o Brasil soma três vitórias em outros tantos jogos e precisa apenas de um empate no último jogo, com a Nigéria, para garantir o primeiro lugar no grupo. Portugal, que tem uma vitória e uma derrota, volta a jogar na terça-feira, com o México.

Jogo no Parque dos Desportos, em Avignon.
Brasil - Portugal, 2-0.
Ao intervalo: 2-0.
Marcadores:
1-0, Mamute, 10 minutos.
2-0, Danilo, 11.

Equipas:
- Brasil: Alisson, Wallace (Lucas Farias, 40, Giovanni, 67), Doria, Matheus Biteco, Douglas Santos, João Schmidt, Vinícius Araújo, Ademilson, Tinga, Danilo e Yuri Mamute (Abner, 75).
(Suplentes: Lucas Farias, Giovanni, Gabriel, Lucas, Jubal, Abner, Erik Lima, Luan e Talisca).
Treinador: Alexandre Gallo.
- Portugal: Rafael Veloso, Tomás Dabó, Tiago Ilori, Tiago Ferreira, Michael, Alves, Tiago Silva (Ivan Cavaleiro, 55), André Gomes, Ricardo Esgaio, Ricardo e Betinho (João Mário, 55).
(Suplentes: André Pereira, José Sá, Frederico Venâncio, Kiko, João Mário, Tó-Zé, Ivan Cavaleiro e Piqueti).
Treinador: Edgar Borges

Árbitro: Nikolay Yordanov (Bulgária).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Matheus Biteco (40) e Ademilson (57).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.