O antigo internacional húngaro Miklós Fehér faleceu em Guimarães em janeiro de 2004, e na seleção 'magiar' ainda há quem tenha jogado com o ex-avançado de FC Porto e Benfica. Talvez por isso, na antevisão do jogo de qualificação entre Portugal e Hungria no Estádio da Luz, o assunto foi incontornável para Zoltán Gera, médio de 37 anos do Ferencváros, que jogou com 'Miki' na seleção 'magiar'.

"É difícil falar sobre ele [Miklós Fehér]. A tragédia ocorreu há muito tempo, mas é uma memória viva para todos nós e para mim também. Para mim é muito difícil e sensível falar sobre este assunto, joguei pouco com ele. Foi uma tragédia para o futebol húngaro, mas foi muito bom saber o carinho que ele tinha em Portugal e também no futebol húngaro", afirmou Zoltán Gera na antevisão do jogo com Portugal.

Apesar de ter 37 anos, o internacional húngaro do Ferencváros garante que está pronto para o futuro e que espera continuar a jogar.

"Estou bem, fisicamente estou saudável. Deixa-me muito contente todos os jogos que conseguir jogar. Tive lesões graves mas já não me lembro delas", disse Zoltán Gera.

Já em relação ao jogo com Portugal, Zoltán Gera assume que será um jogo diferente daquele disputado em França, e que terminou 3-3.

"Vai ser um jogo muito diferente. Portugal joga em casa, no campeonato europeu foi um ambiente muito diferente daquele que teremos amanhã. Em termos de públicos foi metade húngaros e metade portugueses e claro que estamos com expectativas em relação ao jogo. As condições estão reunidas para darmos o nosso melhor. Temos um jogo muito difícil, jogamos com o campeão europeu, na casa dele. Mas estamos prontos", acrescentou Zoltán Gera.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.