O AC Milan não parece estar disposto a intervir no processo judicial que envolve Rafael Leão e o Sportng.

Numa entrevista publicada esta segunda-feira no diário desportivo Gazzetta dello Sport, o diretor desportivo dos 'rossoneri' Paolo Maldini diz que o clube não está disposto em contribuir para os 20 milhões de euros que Leão deve ao Sporting, isto após o jogador ter rescindido contrato unilateralmente com o clube de Alvalade em 2018.

"Se podermos dizer que existe uma boa possibilidade de encontrarmos um entendimento entre ele e o Sporting? Sim, com ele sim. Mas nós não temos nada a ver com o Sporting", afirmou Maldini.

Apesar de colocar ao AC Milan à margem de todo o processo, a antiga lenda dos 'rossoneri' admite que a situação não tem sido fácil para o jogador, mas que o clube quer continuar com ele nos próximos anos.

"O [Rafael] Leão tem uma situação difícil de deriva da transferência dele do Lille, que tem estado a condicioná-lo muito e que fez com que os intermediários tivessem mudado. Mas o Rafa está muito agradecido pelo que fizemos e eu estou interessado em ouvir o que ele tem para dizer. Ele compreende que o caminho que fará nos próximos anos deve passar pelo Milan. Depois haverá uma negociação, mas também sabemos que os bons jogadores devem ser pagos consoante o seu valor. Se a equipa continuar a crescer, Leão terá tudo ao seu dispor para continuar a competir ao máximo. Depois, também não existem jogadores não transferíveis em todas as equipas do Mundo", rematou o diretor desportivo do campeão italiano.

Rafael Leão tem ligação com o AC Milan até Junho de 2024. Notícias recentes da imprensa italiana avançaram que o jogador estará interessado em incluir a dívida de 20 milhões de euros na renovação de contrato com os 'rossoneri'.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.