O AC Milan venceu hoje em casa do Crotone por 2-0, enquanto o Nápoles goleou na receção ao Génova (6-0), na segunda jornada da Liga italiana de futebol, seguindo ambos só com vitórias no topo da tabela.

Antes de visitar o Rio Ave, na quinta-feira, para disputar o ‘play-off' de acesso à fase de grupos da Liga Europa, os milaneses bateram um recém-promovido Crotone, que teve Pedro Pereira em campo até aos 72 minutos.

Os golos do costa-marfinense Franck Kessié, aos 45+2 minutos, na conversão de uma grande penalidade, e do ‘reforço' espanhol Brahim Díaz, aos 50, construíram um triunfo tranquilo para os ‘rossoneros', numa partida de ritmo baixo, em que Rafael Leão jogou o último minuto, depois de recuperar de uma lesão.

Com este resultado, o AC Milan regressa ao topo da tabela, com seis pontos, quatro golos marcados e ainda nenhum sofrido, ao lado do Nápoles, que aplicou ‘chapa seis' aos genoveses, chegando aos oito golos marcados, sem ainda ter sofrido nenhum.

Com Mário Rui no banco, sem ter sido utilizado, a equipa de Gennaro Gattuso deu o melhor seguimento à vitória sobre o Parma (2-0), na ronda inaugural, mas ao intervalo ainda só ganhava por 1-0, com um tento do mexicano Lozano, aos 10 minutos.

Na etapa complementar, chegou uma mão cheia de golos: quando Lozano ‘bisou’, aos 65, já o polaco Zielinski (46) e o belga Mertens (57) tinham marcado, com o macedónio Elmas (69) e Politano (72) a fecharem a contagem.

Ainda hoje, a Juventus pode juntar-se a esta dupla e ao Verona, que também venceu as duas primeiras partidas, se bater a AS Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, que recebe os campeões, nos quais alinha o avançado Cristiano Ronaldo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.