Um empate entre Atalanta e Lazio, por números pouco vulgares, 3-3, encerrou hoje a 17.ª jornada da liga italiana de futebol, marcada pela derrota do ex-líder Inter, que desceu para o terceiro lugar.

Em Bérgamo, a Lazio acabou por perder terreno para o quarto posicionado, a rival Roma, mas mantém o quinto lugar, com 33 pontos (agora cinco de atraso). Quanto à Atalanta, sobe a sétimo e passa o AC Milan, que caiu 'com estrondo' no campo do até hoje penúltimo, o Verona, por 3-0.

No estádio Atleti Azzurri d'Italia, a equipa da casa chegou ao 2-0, com golos de Caldara (17) Ilicic (22). Empatou a Lazio com um bis do sérvio Milinkovic-Savic (27 e 35).

Com 2-2 ao intervalo, ainda havia tempo para mais golos, um para cada lado: Ilicic adiantou a Atalanta aos 50, de grande penalidade, e, aos 79, Luis Alberto fixou o 3-3 final.

Já sabedora do 'tropeção' do Inter, a Juventus não desperdiçou o 'ataque' ao segundo lugar e venceu o Bolonha por 3-0.

O bósnio Pjanic inaugurou o marcador em Bolonha, aos 27 minutos, e o croata Mario Mandzukic ampliou a diferença, aos 36, antes de o francês Blaise Matuidi fixar o resultado final já na segunda parte, aos 64 minutos.

A Juventus, campeã em título, segue com 41 pontos, menos um do que o Nápoles, que no sábado foi vencer ao terreno do Torino, por 3-1, e regressou à liderança do campeonato, aproveitando da melhor forma a derrota do Inter em casa, com a Udinese (3-1).

O terceiro, com 40 pontos, é o Inter, num campeonato invulgarmente disputado, a duas jornadas de se saber quem é o 'campeão de inverno'.

O AC Milan continua a desiludir e caiu no reduto do Verona, por 3-0, chegando ao final da partida com dez em campo – expulsão do espanhol Suso aos 90+1 por vermelho direto. O avançado português André Silva iniciou o jogo no banco e entrou ao minuto 57 a substituir Kalinic.

Sob o comando de Gennaro Gattuso, que substituiu Vicenzo Montella, os 'rossoneri' bateram o Bolonha, mas nas duas deslocações no campeonato não conseguiram mais do que um ponto perante dois dos últimos classificados, Benevento e Verona, a mesma equipa que o Milan eliminou da Taça de Itália, na quarta-feira, com triunfo por 3-0.

O Génova, de Miguel Veloso, não foi além de um empate sem golos com a Fiorentina. A jogar em casa, a Sampdoria complicou as suas contas no campeonato, ao ser batida por 1-0 pelo Sassuolo, com um golo de Alessandro Matri, aos 90 minutos. Esta foi a terceira derrota da equipa de Génova nas últimas quatro jornadas.

O Crotone, por seu turno, recebeu e bateu o Chievo por 1-0 (golo de Budimir aos 33 minutos).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.