O clube de futebol italiano Juventus revelou hoje um novo caso de covid-19 no seu grupo de trabalho, o do médio norte-americano Weston McKennie, um dia depois de Cristiano Ronaldo também ter testado positivo na seleção de Portugal.

“A Juventus anuncia que, durante os testes previstos no protocolo em vigor, surgiu o caso positivo para a covid-19 do jogador Weston McKennie. Em conformidade com os regulamentos e o protocolo, o grupo de trabalho entra em isolamento esta noite”, informou a ‘vecchia signora’, no seu sítio na internet.

De acordo com os regulamentos e protocolos da liga italiana, a equipa vai continuar a trabalhar, mas entrou em isolamento, impedida de contactos com elementos exteriores ao grupo.

Weston McKennie, que está cedido aos transalpinos pelo Schalke 04, vai cumprir quarentena, tal como Cristiano Ronaldo, que hoje regressou a Turim.

Ronaldo foi o terceiro caso nos últimos dias a testar positivo na seleção portuguesa, depois de José Fonte e Anthony Lopes.

A Juventus informa que está em "contacto permanente" com as autoridades de saúde locais.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (43.018 mortos, mais de 634 mil casos), seguindo-se a Itália (36.246 mortos, mais de 365 mil casos).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e oitenta e sete mil mortos e mais de 38,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.