Cristiano Ronaldo é o jogador mais bem pago da liga italiana, com um salário líquido de 31 milhões de euros por ano, seguido pelos argentinos Gonzalo Higuaín e Paulo Dybala, que recebem 9,5 e 7 milhões, respetivamente.

Segundo dados revelados pelo jornal "Gazzetta dello Sport", o internacional português lidera uma classificação na qual a 'Vecchia Signora' conta com seis jogadores nas primeiras dez posições.

Ao todo, os clubes da Serie A pagam aos seus jogadores 1.129 milhões de euros brutos por ano, um recorde absoluto para um futebol italiano que voltou este ano a investir muito na tentativa de recuperar o seu prestígio do passado.

Um dos principais responsáveis por este recorde de despesa é o salário milionário de Ronaldo, que se tornou no passado mês de julho no jogador mais bem pago da história da Serie A.

O português revolucionou os equilíbrios competição, já que ganha três vezes do que Higuaín, avançado da Juventus emprestado ao AC Milan, e quatro vezes mais do que o seu colega Paulo Dybala, o segundo mais bem pago da Juventus.

A lista dos mais "ricos" da Serie A conta ainda com o bósnio da Juventus Miralem Pjanic na quarta posição (6,5 milhões), seguido pelo seu colega Douglas Costa (6) e pelo jovem guarda-redes do AC Milan Donnarumma (6).

Leonardo Bonucci (5,5) e Emre Can (5) são sétimo e oitavo, respetivamente, numa tabela em que Lorenzo Insigne do Nápoles (4,6,) e o argentino Mauro Icardi do Inter de Milão (4,5) completam as primeiras dez posições.

A nível de clubes, a Juventus paga aos seus jogadores um total de 219 milhões de euros brutos por ano, seguido pelo AC Milan (140), Inter de Milão (116), Roma (100) e Nápoles (94).

Quanto aos treinadores, Massimiliano Allegri, da Juventus, é o mais bem pago com um salário líquido de 7,5 milhões de euros por temporada, seguido pelos 6,5 de Carlo Ancelotti (Nápoles) e pelos 4,5 de Luciano Spalletti (Inter).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.