O jovem futebolista Daniel Maldini, de apenas 18 anos, estreou-se hoje com a camisola do AC Milan, um clube em que o seu pai, Paolo, e o avô, Cesare, singraram, e descreveu a estreia como um “sonho concretizado”.

Apesar de ter sido lançado pelo técnico Stefano Pioli já no período de compensação no empate a um golo na receção ao Verona, em jogo da 22.ª jornada da primeira liga italiana, o ponta de lança exultou com a estreia.

"Foi um sonho, foi pena o resultado. Esta estreia foi um objetivo que eu tinha. Agora, espero continuar neste caminho. Senti uma grande emoção neste domingo e tive o apoio do meu pai [atual diretor desportivo do clube de AC Milan]", disse Daniel Maldini à televisão dos milaneses.

O jovem avançado, que na frente de ataque tem a concorrência do português Rafael Leão, do sueco Zlatan Ibrahimovic e do croata Ante Rebic, deu continuidade à ‘saga’ iniciada pelo seu avô, Cesare Maldini, em 1954 e terminada em 1966, sendo este mais tarde treinador do clube, de 1972 a 1974.

Mais tarde, o seu pai Paolo Maldini vestiu a camisola do AC Milan pela primeira vez, com 16 anos, em 1985, tendo disputado um total de 902 jogos e anotado 33 golos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.