Segundo avança esta quinta-feira a imprensa italiana, Gonzalo Higuaín furou a quarentena imposta devido à pandemia de coronavírus e deixou Itália na noite passada num jato privado, com destino à Argentina.

As autoridades tentaram travar a saída do jogador da Juventus, mas o mesmo terá apresentado um comprovativo em como o seu teste de coronavírus tinha dado negativo.

De acordo com a "Gazzetta Dello Sport", no mesmo jato seguiu ainda o uruguaio Rodrigo Bentancur. Apesar disso, a mesma publicação garante que a Juventus foi avisada da viagem dos jogadores.

A decisão de Higuaín de furar a quarentena está, alegadamente, relacionada com o facto de a sua mãe estar doente. No entanto, a Argentina proibiu a aterragem de voos proveniente de Itália no seu território, o que terá levado Higuaín a voar de Itália para França, de seguida para Espanha e só depois para a sua terra-natal.

Na Juventus há dois jogadores infetados com o coronavírus: Daniele Rugani e Blaise Matuidi.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.