AC Milan e Inter de Milão empataram esta quarta-feira sem golos em encontro da 27.ª jornada da Liga italiana. O avançado português André Silva foi convocado para este dérbi, mas não saiu do banco de suplentes. Do outro lado, João Cancelo cumpriu os 90 minutos do encontro a bom nível. O jogo disputou-se cerca de um mês depois da data inicial (3 de março) devido à morte de Davide Astori. Antes da partida, Franco Baresi, histórico capitão dos milaneses, colocou uma coroa de flores num dos topos do estádio San Siro para homenagear Ray Wilkins, antigo internacional inglês que faleceu esta terça-feira.

O Inter de Milão foi a equipa que entrou mais forte nesta partida e criou o primeiro lance de perigo aos três minutos. Rafinha aparece em posição frontal e remata forte contra as pernas de um defesa milanês. Seis minutos depois o conjunto 'nerazzurri' volta a criar perigo. Brozovic remata solto de marcação à entrada da área, com a bola a passar muito perto do poste da baliza de Donnarumma.

A primeira grande oportunidade da partida pertenceu ao Inter de Milão aos 19 minutos. Candreva aparece solto na área e remata para defesa de Donnarumma.

O AC Milan foi conseguindo impor o seu jogo depois de um início mais forte dos rivais de Milão e aos 22 minutos esteve muito perto de inaugurar o marcador no estádio San Siro. Suso bate um livre descaído para a esquerda e Bonnuci aparece na área a desviar para golo, mas o Handanovic faz uma defesa impressionante a negar o golo ao emblema milanês.

Nesta fase da partida os 'rossoneri' estavam mais perigosos e numa jogada a três toques quase se colocaram em vantagem. Aos 28 minutos Bonaventura desmarcou Cutrone, mas o avançado rematou com pouca força para defesa fácil de Handanovic.

A partir da meia-hora de jogo o Inter de Milão começou a dominar a partida e foi a primeira equipa a marcar, mas o golo acabaria por ser anulado. Candreva assistiu Icardi nas costas dos centrais do Milan e o argentino rematou para os fundo das redes de Donnarumma. Porém, o golo acabou por ser anulado pelo vídeoárbitro por posição irregular do jogador.

Depois de uma primeira parte apenas com duas oportunidades de golo, a segunda começou mais viva com as duas equipas a criarem perigo em ambas as áreas. Mas voltaria a ser o Inter de Milão a estar mais perto do golo com a melhor oportunidade da partida. Aos 57 minutos Candreva assiste Icardi que sem oposição em frente da baliza atira por cima.

Contra a corrente do jogo o AC Milan marcou um golo, mas a jogada acabaria por ser anulada. Kessié assiste Cutrone e o avançado atira de bicicleta para o fundo das redes de Handanovic, mas o italiano estava em posição irregular.

Até final da partida as equipas foram criando algumas oportunidades, com o AC Milan e Inter de Milão a estarem muito perto do golo da vitória nos últimos minutos. Primeiro foi Kalinic aos 89 minutos, que entrou para o lugar de Cutrone, a aparecer solto na grande área dos 'nerazzurri', mas não conseguiu cabecear na direção da baliza de Handanovic. No último minuto Icardi voltou a desperdiçar a oportunidade de dar os três pontos ao Inter. Cancelo assiste o argentino, mas o avançado atira de pé esquerdo muito perto do poste quando não tinha a oposição de nenhum adversário.

Com este resultado o AC Milan manteve a sexta posição com 51 pontos. O Inter de Milão que não sofre golos há cinco partidas consecutivas ocupa a quarta posição, a última que dá acesso à Liga dos Campeões, com 59 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.