O Inter de Milão reforçou hoje a liderança da Liga italiana de futebol, ao vencer de forma contundente o segundo classificado e rival AC Milan, por 3-0, no dérbi milanês da 23.ª jornada da prova.

Os ‘nerazzurri’ inauguraram o marcador logo aos cinco minutos, através do argentino Lautaro Martínez, que viria a ‘bisar’ no segundo tempo, aos 57, concluindo uma triangulação com Christian Eriksen e Iván Perisic.

O belga Romelu Lukaku, que tinha assistido Lautaro para o golo inaugural, fixou o resultado do ‘derby della Madonnina’ aos 66 minutos, anotando o 17.º tento na Serie A e isolando-se na lista dos melhores marcadores da prova, com mais um do que o português Cristiano Ronaldo (16), da Juventus.

O português Rafael Leão foi lançado no AC Milan logo depois do terceiro golo do Inter, enquanto Diogo Dalot não saiu do banco de suplentes dos ‘rossoneri’.

Antes do início do dérbi milanês, registaram-se momentos de tensão entre adeptos das duas equipas, no exterior do estádio San Siro, mas a intervenção da polícia acabou por evitar males maiores.

O Inter somou o quarto triunfo seguido e consolidou a liderança do campeonato, com 53 pontos, tendo agora mais quatro do que o AC Milan (49), que continua na vice-liderança.

No primeiro jogo do dia, o ‘aflito’ Parma, penúltimo classificado, desperdiçou uma vantagem de dois golos e empatou 2-2 na receção à Udinese (13.º), averbando o 14.º encontro consecutivo sem vencer.

Andreas Cornelius, aos três minutos, e Juraj Kuck, aos 32, de grande penalidade, marcaram para a formação da casa, só que Stefano Okaka, aos 64, e Bram Nuytinck, aos 80, repuseram a igualdade, num encontro no qual o internacional português Bruno Alves foi suplente utilizado no Parma.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.