A pandemia veio afetar as contas dos clubes e nem a eneacampeã de Itália escapa a isso. A Juventus precisa de aliviar as contas e para isso olha para possíveis rescisões de contrato com Higuaín e Khedira.

Segundo avança o jornal italiano 'Tuttosport', os dois jogadores são dos que mais auferem no plantel da 'vecchia signora' e não fazem parte dos indiscutíveis de Sarri para a próxima época.

Assim sendo, Fabio Peratici, diretor desportivo da equipa, estará a levar a cabo esforços para resolver o caso dos dois jogadores, principalmente do avançado argentino, que ganha cinco milhões de euros por ano. A possibilidade de terminar o contrato está em cima da mesa, uma vez que permitiria ao clube poupar mais de 10 milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.