A Lazio foi derrotada hoje por 2-1 na deslocação ao terreno do Lecce e pode ter comprometido, em definitivo, as suas aspirações à conquista da Liga italiana de futebol, liderada pela Juventus de Cristiano Ronaldo.

No jogo inaugural da 31.ª jornada da Serie A, o Lecce, que estava em zona de despromoção e ascendeu, provisoriamente, ao 17.º lugar (28 pontos), fez valer o fator casa para bater o segundo classificado do campeonato, que até se adiantou no marcador, logo aos cinco minutos, por intermédio do avançado equatoriano Felipe Caicedo (que passou pelo Sporting em 2009 por empréstimo do Manchester City).

Antes, aos dois minutos, o italiano Marco Mancosu tinha já introduzido a bola na baliza da Lazio, num remate espetacular de fora da área, mas o golo foi invalidado, porque o médio usou a mão na receção da bola no início da jogada.

O empate surgiu à passagem da meia hora, através da cabeça do ponta de lança senegalês Khouma Babacar, e o Lecce ainda beneficiou de um penálti em cima do intervalo (45+5 minutos), desperdiçado por Mancosu, que rematou por cima da barra.

O golo da vitória apareceu logo no arranque da segunda metade do encontro, mais uma vez numa finalização de cabeça, desta feita de Fábio Lucioni, que deu os três pontos à formação do sul de Itália.

Com a derrota, a Lazio (68 pontos) fica a sete pontos da Juventus, mas o clube de Turim tem menos um jogo, que é disputado ainda hoje frente ao AC Milan, e o conjunto romano pode ver o terceiro classificado, Inter de Milão (64 pontos), aproximar-se, consoante o resultado que obtenha na deslocação ao estádio do Verona, na quinta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.