A Liga italiana de futebol pediu hoje desculpas por ter utilizado uma imagem com três macacos numa campanha contra o racismo iniciada na segunda-feira e criticada pela Roma e pela associação antidiscriminação FARE.

“Peço desculpa a todas as pessoas que se sentiram ofendidas pelo trabalho do artista Simone Fugazzotto. Mesmo que o artista tenha explicado que a mensagem [da obra] era contra o racismo, algumas pessoas acharam-na criticável”, disse Luigi De Servio, chefe executivo da Liga italiana.

De acordo com a ‘Serie A’, a obra tinha “como objetivo defender os valores de integração, multiculturalismo e fraternidade”, num país onde os incidentes racistas no futebol têm sido recorrentes.

A Roma manifestou a sua “surpresa” na segunda-feira, dizendo que a utilização dessa imagem não era “um bom meio” para lutar contra o racismo. Já a associação FARE falou numa “piada de mau gosto”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.