Numa conversa no Instagram com Kat Kerkhofs, apresentadora de televisão e mulher do jogador do Nápoles Dries Mertens, Romelu Lukaku revelou que quase todo o plantel do Inter de Milão apresentou sintomas de COVID-19.

"Tivemos uma semana de férias em dezembro. Quando regressámos ao trabalho, juro que 23 dos nossos 25 jogadores estavam doentes. Não estou a brincar. Defrontámos o Cagliari e, ao fim de 25 minutos, um dos nossos defesas teve de deixar o relvado. Não podia continuar e quase desmaiou", admitiu o belga, referindo-se a Skriniar.

Lukaku recordou que "todos tossiam e tinham febre. Quando estava a fazer o aquecimento, senti-me muito mais quente que o normal. Não tinha febre há anos. Naquela altura não fizemos testes para despistar o COVID-19, por isso nunca teremos a certeza."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.