O treinador italiano do Nápoles, Maurizio Sarri, revelou que cumprimentará "como um filho" o seu ex-futebolista argentino Gonzalo Higuaín, em declarações transmitidas hoje pela Sky Sports TV.

O jogo entre a Juventus e o Nápoles, este sábado, em jogo da 11.ª jornada da primeira liga italiana de futebol, marca o primeiro encontro do avançado Higuaín com a antiga equipa, após a sua transferência para o clube ‘bianconeri’.

“Higuaín esteve muito bem comigo e mostrou-se sempre disponível. Cumprimentá-lo-ei como um filho que te aborreceu”, notou o técnico, de 57 anos, líder da formação que integra o grupo do Benfica na Liga dos Campeões.

Maurizio Sarri descreveu o internacional ‘albiceleste’ como “um goleador histórico” – quebrou o recorde de golos marcados no ‘calcio’ na época passada, com 36 tentos –, considerando que “a equipa continua bem”, apesar da sua saída.

O treinador italiano admitiu que o Nápoles não terá uma referência ofensiva em campo frente à Juventus, devido às lesões do avançado polaco Arkadiusz Milik, que sofreu uma lesão num ligamento cruzado no joelho, e do internacional italiano Manolo Gabbiadini, suspenso.

“No ano passado, a Juventus jogou de forma diferente contra nós, ou seja, num 4-4-2. Gostaria de ver a equipa despreocupada, mesmo não jogando com um avançado-centro”, acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.