Após o empate (1-1) da Roma em Sassuolo, José Mourinho apontou o dedo a um jogador em específico, sem relevar o nome, referindo que não gostou da atitude e pedindo-lhe inclusive para procurar uma nova equipa a partir de janeiro.

"O esforço da equipa foi traído pela atitude de um jogador pouco profissional. Ele traiu todos os outros. O erro faz parte do jogo, a atitude antiprofissional e incorreta com os companheiros é que não. Já falei disso no balneário e não o faço com frequência. Depois dos jogos não falo muito com a equipa. Tinha 16 jogadores em campo e gostei da atitude de 15. Não gostei de um e já lhe disse para procurar uma equipa em janeiro", disse o técnico da Roma em declarações à DAZN.

O jornal 'Corriere dello Sport' revelou que as críticas foram dirigidas a Rick Karsdorp. Segundo a publicação, Mourinho pediu ao restante balneário para o deixar a sós com o lateral neerlandês de 27 anos, que jogou os últimos 25 minutos do desafio.

O golo do Sassuolo surgiu cinco minutos depois do golo da Roma (80'), numa bola metida nas costas do lateral direito neerlandês Rick Karsdorp, com Gianluca Mancini a ir à dobra e a ser batido pelo avançado gaulês Armand Lauriente, que cruzou para o interior da área, onde surgiu o avançado Andrea Pinamonti a encostar para o fundo das redes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.