A Roma, treinada por José Mourinho, apurou-se esta quinta-feira para os quartos de final da Liga Conferência Europa, ao empatar 1-1 com os neerlandeses do Vitesse, golo marcado já no período de compensações, aos 90+1 minutos.

Depois de ter vencido nos Países Baixos por 1-0, não era expectável que a Roma, a jogar no estádio Olímpico, sentisse tantas dificuldades para levar de vencida o sexto classificado do campeonato neerlandês, mas esteve na iminência de ser eliminada.

José Mourinho viu-se obrigado a lançar em campo os seus melhores jogadores, e no final da partida deu conta disso mesmo, tendo em vista o dérbi do próximo domingo com a Lazio.

"Obviamente, não estou feliz por termos jogado hoje com vários jogadores que também estarão em campo no domingo enquanto que a Lazio estava hoje em casa a fumar uns cigarros com o Sarri, mas isto acontece porque o Vitesse é realmente bom", disse o técnico português.

"O Sarri está agora em casa a fumar o seu cigarro enquanto eu vou para casa a tentar pensar como é que vou recuperar disto para domingo", acrescentou Mourinho, sobre o facto de a Roma ter menos tempo de descanso.

Mourinho falou ainda do jogo entre o Ajax e o Benfica para comentar a atuação da sua própria equipa: "Não fizemos um bom jogo do ponto de vista técnico, o problema é técnico, não tático. Os meus defesas defenderam bem, tivemos carácter para jogar no limite, como aconteceu no Ajax-Benfica."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.