Nápoles, AC Milan e Sampdoria venceram hoje os encontros da segunda jornada da Liga italiana de futebol e igualaram Juventus e Inter Milão no topo da classificação.

O Nápoles, com Mário Rui no banco, venceu em casa a Atalanta, por 3-1, conseguindo uma reviravolta com golos do polaco Zielinski, aos 56 minutos, do belga Mertens, aos 61, e do croata Rog, aos 87, depois de Cristante, antigo jogador do Benfica, ter dado vantagem à formação de Bérgamo, aos 15.

O AC Milan, com o suplente André Silva, triunfou na receção ao Cagliari, por 2-1, com tentos de Cutrone, aos 10, e do espanhol Suso, aos 70, enquanto o brasileiro João Pedro, que já alinhou no Estoril-Praia e no Vitória de Guimarães, assinou o tento do emblema da Sardenha.

Já a Sampdoria foi vencer por 2-1 no terreno da Fiorentina, que utilizou Gil Dias, com tentos de Caprari e Quagliarela, aos 32 e 35 minutos, o último na conversão de uma grande penalidade, enquanto a equipa de Florença reduziu pelo croata Badelj, aos 50.

As cinco equipas mantêm um registo 100% vitorioso, mas a hexacampeã Juventus, adversária do Sporting na Liga dos Campeões destaca-se, graças ao maior número de golos marcados, depois de ter vencido em Génova por 4-2, no sábado.

Nos outros jogos da ronda, o Torino, SPAL e Lazio alcançaram os primeiros triunfos na competição, frente a Sassuolo (3-0), Udinese (3-2) e Chievo (2-1), respetivamente, enquanto Crotone e Verona não foram além de um empate 0-0.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.