Em caso de vitória, a AS Roma atingiria o terceiro lugar da tabela, a apenas quatro pontos do líder AC Milan.
A jogar em casa, o Palermo abriu o marcador aos 20 minutos, com um golo de Miccoli, e aumentou a vantagem aos 61, por intermédio do esloveno Josip Ilicic.

Pouco depois, aos 65 minutos, Antonio Nocerino fez o terceiro, reduzindo Francesco Totti para a AS Roma, já no período de compensação.

A Lázio também perdeu hoje a oportunidade de se colocar a apenas um ponto do líder AC Milan, ao fazer o mesmo resultado que os milaneses na recepção ao modesto Catania (1-1).

Um dia depois do AC Milan ter deixado dois pontos em Génova, face à Sampdória (1-1), a Lázio não fez melhor, mas num jogo que tinha praticamente a “obrigação” de vencer, diante de uma equipa da segunda metade da tabela.

Os romanos estiveram mesmo a perder, à entrada para o último minuto do primeiro tempo, com o golo do argentino Matias Silvestre.

No entanto, já nas compensações antes do intervalo, a Lázio recolocou o empate no marcador, graças ao brasileiro Anderson Hernanes.

Também hoje, o Génova, com os internacionais portugueses Eduardo e Miguel Veloso como titulares, ficou-se pelo “nulo” na visita ao 17.º classificado, o Brescia, que somou o sétimo jogo sem vencer, numa série com quatro derrotas e três empates.

Na abertura dos jogos do dia, o campeão Inter de Milão recuperou dois pontos ao líder e vizinho, ao golear o Parma por 5-2, quebrando uma série de quatro jogos sem triunfar, com uma grande ajuda do “hat-trick” do sérvio Dejan Stankovic.

O Nápoles, quarto classificado, perdeu fora com a Udinese por 3-1, fruto dos três golos de Antonio Di Natale, o Cagliari venceu 3-2 o Lecce, o Bari e Cesena empataram 1-1, enquanto o Bolonha-Chievo foi adiado devido ao mau tempo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.