A Federação Italiana de Futebol aprovou esta segunda-feira a inscrição do Parma nos escalões amadores do futebol italiano, depois de nenhum comprador ter apresentado uma proposta de compra do clube, que se encontra em processo de falência.

O clube, que adotará a designação “Parma Calcio 1913”, terá de formalizar a sua inscrição até 04 de agosto, adiantou a federação em comunicado.

O vice-presidente do novo clube, Marco Ferrari, saudou a perspetiva de reinício da atividade da formação, afirmando: “Finalmente podemos começar. Não há tempo a perder porque temos muito trabalho pela frente”.

Fundado em julho de 1913, o Parma foi despromovido ao segundo escalão, depois de ter terminado a Liga italiana no último lugar, numa temporada em que lhe foram deduzidos pontos em vários ocasiões, por dívidas ao estado e aos jogadores e restante ‘staff’.

Sem um comprador, o Parma, que este ano contou com os portugueses Pedro Mendes e Silvestre Varela, enfrentava já a perspetiva de ser relegado para a Série D, quarto escalão do futebol italiano.

Chegou a ser noticiada a possibilidade do italo-americano Mike Piazza e do italiano Giuseppe Corrado avançarem com propostas, mas acabaram por não se concretizar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.