A Sampdoria rescindiu hoje unilateralmente contrato com o avançado internacional italiano Antonio Cassano, por este ter ofendido o presidente do clube e se ter recusado a pedir desculpas a Riccardo Garrone.

No treino de terça-feira acabaram por se envolver numa discussão em que o atleta foi ofensivo com o presidente.

Depois de Cassano ter faltado a duas sessões de treino, Riccardo Garrone quis ouvir um pedido de desculpas na sexta-feira, mas tal não aconteceu e hoje o clube enviou um telegrama ao futebolista a dar-lhe conta da ruptura do contrato.

Antonio Cassano chegou à Sampdoria em 2007/08 por empréstimo do Real Madrid, tendo depois ficado vinculado definitivamente ao clube genovês.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.