O número de detidos por especulação de bilhetes para o jogo da Supertaça de futebol, entre o Benfica e o Vitória de Guimarães, subiu de quatro para seis, indicou hoje a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Inicialmente a ASAE tinha dado conta de quatro detidos em Lisboa, no Porto e em Vila Nova de Gaia, mas de acordo com um segundo comunicado entretanto enviado às redações, esta Autoridade revela que o número de detidos subiu para seis.

Através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal, a ASAE explica que desencadeou uma operação de fiscalização no âmbito do jogo da Supertaça Cândido de Oliveira.

“Como resultado da ação, foram detidos 6 indivíduos, em flagrante delito, em Lisboa, Porto e Vila Nova de Gaia, pela prática ilícita de especulação de bilhetes, que se encontravam à venda através da Internet. Foram apreendidos 22 bilhetes, encontrando-se os mesmos à venda por valores que chegavam a ultrapassar o triplo do valor facial”, refere o último comunicado da ASAE.

Alguns dos detidos, entre os quais um reincidente, foram já presentes a julgamento em processo sumário, aguardando os restantes ser presentes a tribunal na próxima semana.

“Foi ainda realizada ação de fiscalização no âmbito do combate à contrafação, tendo sido instaurado processo por crime por venda, circulação e ocultação de marca protegida e apreendidos 1.335 artigos diversos contrafeitos”, acrescenta a ASAE.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.