O Arouca, da I Liga, qualificou-se esta quarta-feira para a fase de grupos da Taça CTT, ao vencer o secundário Cova da Piedade, por 2-1, num jogo que terminou em sobressalto e em inferioridade numérica.

Kuca marcou aos três minutos, Rúben Neves igualou na marcação de uma grande penalidade, mas ainda antes do intervalo, também de castigo máximo, Carleto faz o golo da vitória do Arouca.

O defesa do Arouca voltou a estar em destaque ao ser expulso perto do final do encontro, deixando a equipa em inferioridade numérica.

Aos três minutos, Sancidino assistiu Kuca, que colocou em vantagem o Arouca, que, a jogar com alguns dos atletas menos utilizados, não esteve muito tempo em vantagem.

Oito minutos depois do golo, Carleto fez falta na área sobre Dieguinho e, na conversão, Rúben Neves volta a igualar o jogo.

Sem grandes oportunidades, o Arouca só conseguiu assumir o jogo depois da meia hora da primeira parte, com destaque para as iniciativas de Kuca.

Com mais presença na área adversária, o Arouca chegou à vantagem também de grande penalidade, a castigar falta de Bruno Bernardo sobre Carleto, que voltou a dar vantagem à equipa da casa.

Na segunda parte, o Arouca entrou mais tranquilo no jogo e dominou. Kuca impulsionou o ataque da casa até ser substituído.

A eliminatória parecia controlada, mas a expulsão de Carleto, aos 79 minutos, deu ânimo à equipa da II Liga, que passou a jogar apenas no meio campo do Arouca.

A equipa de Lito Vidigal defendeu o resultado, mas ainda se assustou com um remate de Siaka Bamba, de pé esquerdo, no último lance da partida, a passar perto do poste

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.