O Benfica vai tentar conquistar no sábado a sua terceira Taça da Liga de futebol, frente ao estreante Paços de Ferreira, na primeira vez que a final vai ser disputada fora do Algarve.

Na quarta edição da prova, os “encarnados” alcançam pela terceira vez a final, depois de terem vencido o Sporting (1-1, 3-2 no desempate por grandes penalidades) e o FC Porto (3-0), nas duas últimas temporadas.

Por seu turno, o Paços de Ferreira garante pela primeira vez a presença na final da Taça da Liga, depois de em 2008/09 ter estado na final da Taça de Portugal, que perdeu para o FC Porto (1-0), e na discussão da Supertaça Cândido de Oliveira, sendo novamente derrotado pelos “dragões” (2-0).

Em Coimbra, vai também disputar-se a segunda final sem um “clássico”, depois de o Vitória de Setúbal ter surpreendido o Sporting (0-0, 3-2 no desempate por grandes penalidades), na edição inaugural da competição.

Os “encarnados” chegaram a esta final com um percurso perfeito e saíram da fase de grupos apenas com triunfos - Marítimo (2-0), Olhanense (3-2) e Aves (4-0) –, antes de afastarem o “rival” Sporting na meia-final, por 2-1.

Depois de um empate com o Leixões (1-1) na primeira “mão” da segunda fase, o Paços de Ferreira partiu para uma surpreendente fase de grupos, em que afastou os favoritos Vitória de Guimarães e Sporting de Braga, e eliminou o Nacional na meia-final.

O Benfica, que na quarta-feira foi eliminado pelo FC Porto da final da Taça de Portugal, pode conquistar no sábado o primeiro troféu da temporada, depois de ter perdido a Supertaça e falhado a reconquista da Liga.

Os “encarnados” ainda estão na discussão da Liga Europa e vão defrontar o Sporting de Braga nas meias-finais.

Este encontro surge entre dois dos mais importantes jogos do Benfica, três dias depois de defrontar o FC Porto e cinco antes do primeiro jogo com os bracarenses.

Na equipa “encarnada”, a principal ausência será a de Salvio, lesionado, restando dúvidas sobre a recuperação de Nico Gaitan, que falhou o encontro com o FC Porto.

Já o Paços de Ferreira atravessa a pior fase da temporada, com seis jogos consecutivos sem triunfos (entre os quais quatro derrotas).

Contudo, antes desta “quebra” de rendimento, os comandados de Rui Vitória tinham conseguido uma série de 12 encontros sem desaires, nos quais cedeu apenas três empates.

O jogo entre Benfica e Paços de Ferreira vai estrear o Estádio Cidade de Coimbra como palco da final da Taça da Liga, deixando o Estádio do Algarve, que assistiu a incidentes antes do jogo decisivo de 2010, entre adeptos do FC Porto e do Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.