O director desportivo do Paços de Ferreira assumiu hoje o favoritismo face ao Leixões na segunda fase da Taça da Liga de futebol, após sorteio, e revelou o objectivo de fazer “algo marcante” na competição.

“O Paços é uma equipa da Liga e, por isso, somos favoritos, mas nestes jogos nunca se sabe, e essa vantagem por vezes acaba repartida”, comentou à agência Lusa Carlos Carneiro, após o sorteio realizado no Auditório da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), no Porto.

O dirigente insiste nas dificuldades e não poupa elogios ao Leixões: “Todas as equipas da Liga de Honra são boas, competitivas e difíceis, mas o Leixões, um dos candidatos à subida de divisão, poderá ser uma das mais fortes”.

Nesta segunda fase da prova, a primeira com eliminatórias directas, participam as equipas da Liga de Honra apuradas da primeira fase (Fátima, Gil Vicente, Arouca, Penafiel, Oliveirense, Estoril, Leixões e Desportivo das Aves), as quais disputam o primeiro jogo na condição de visitados.

A estas formações juntam-se as que terminaram a última Liga entre o nono e o 14.º lugar (União de Leiria, Paços de Ferreira, Académica, Rio Ave, Olhanense e Vitória de Setúbal) e os promovidos Beira-Mar e Portimonense.

Carlos Carneiro disse ainda à Lusa que o Paços de Ferreira parte com ambições na competição: “Queremos conseguir algo de positivo e marcante, ir o mais longe possível e, se tivermos oportunidade, vencer”.

Os jogos desta segunda fase estão marcados para 27 de Outubro e 10 de Novembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.