O Estrela da Amadora, da II Liga, condenou hoje os comentários racistas dirigidos ao futebolista Johnstone Omurwa nas redes sociais, após o desaire por 3-2 com o Benfica, da primeira jornada da Taça da Liga.

“O C.F. Estrela da Amadora vem condenar os comentários racistas dirigidos ao nosso atleta Johnstone Omurwa, que ontem [domingo] surgiram nas redes sociais”, frisaram.

O defesa queniano, de 24 anos, alinhou durante os 90 minutos no duelo com o líder da I Liga, o Benfica, no Estádio Municipal de Leiria, e cometeu uma grande penalidade que deu origem ao segundo golo das ‘águias’, através de Chiquinho, numa falta sobre Rafa.

“O C.F. Estrela da Amadora reafirma igualmente o seu posicionamento de total repúdio por todo e qualquer ato de racismo ou qualquer comportamento que seja contrário aos elevados valores que fazem parte do desporto e que, por nós, continuarão a ser protegidos exaustivamente”, escreveu ainda a SAD dos amadorenses, em comunicado.

Liderada por Paulo Lopo, a direção do clube, que é terceiro classificado na II Liga, com 22 pontos, expressou: “O desporto é de todos e para todos e assim continuará a ser”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.