O 'secundário' Farense surpreendeu hoje o primodivisionário Marítimo, por 2-0, com um 'bis' de Pedro Henrique, em jogo do Grupo B da Taça da Liga de futebol, afastando os madeirenses da luta pelo primeiro lugar.

Com os golos do avançado brasileiro, aos 24 e 85 minutos, ambos após assistências de Marco Matias, o Farense, mais eficaz na partida, igualou Sporting e Rio Ave, que se defrontam hoje à noite em Vila do Conde, todos com três pontos.

O Marítimo segue no quarto e último lugar do Grupo B, sem pontos e já sem aspirações à vitória no agrupamento, que dá acesso aos quartos de final, tendo somado a segunda derrota em dois jogos.

O jogo teve uma primeira parte fraca e sem grande emoção, com o Farense, que se procurava redimir da goleada imposta pelo Sporting (6-0) na ronda anterior da prova, a sair 'por cima' ao intervalo com extrema eficácia, marcando no único remate à baliza 'maritimista' efetuado naquele período.

Depois de a primeira ameaça da partida ter pertencido aos forasteiros, num remate de Liza que saiu junto ao poste, aos sete minutos, os algarvios chegaram à vantagem, aos 24 minutos, com um cabeceamento certeiro de Pedro Henrique ao segundo poste, após livre da esquerda de Marco Matias.

O Marítimo somou vários remates, com Miguel Sousa a obrigar Rafael Defendi a excelente defesa, aos 33, e perdeu o guardião Trmal por lesão (40).

A equipa 'maritimista' ainda festejou o empate, nos descontos da primeira parte, mas o golo de Liza foi anulado por fora de jogo, depois da revisão de imagens pelo videoárbitro.

João Henriques apostou em três mudanças no 'onze' para a segunda parte e os madeirenses voltaram mais pressionantes, assumindo o ascendente em busca do empate, que só não chegou, aos 50, porque Defendi se opôs ao remate bem direcionado de Rafael Brito.

Miguel Silva evitou o 2-0 com uma grande 'mancha' perante o isolado Rui Costa, aos 56, enquanto o Marítimo continuava à procura do golo que teimou em fugir, apesar das tentativas de Xadas (60 e 70) e Pablo Moreno (77).

Em contra-ataque, aos 85 minutos, a equipa de Vasco Faísca selou o resultado final com nova finalização de Pedro Henrique, depois de mais um cruzamento com 'conta, peso e medida' de Marco Matias, que soma nove assistências em jogos oficiais esta época.

Rafael Defendi voltou a mostrar-se como a outra grande figura da sua equipa até ao apito final, com duas boas defesas a remates de Xadas (89) e Joel Tagueu (90+4).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.