O CD Fátima, da Liga de Honra, e o Beira-Mar, da Liga, empataram a um golo (1-1), em jogo da primeira mão da segunda fase da Taça da Liga, deixando a decisão final para Aveiro.
O Beira-Mar assumiu a responsabilidade de pertencer a um escalão superior, dominando o CD Fátima nos primeiros quinze minutos.
Leandro Tatu colocou mesmo os aveirenses em vantagem, aos dez, já depois de Kanu ter desperdiçado uma oportunidade.
Volvidos cinco minutos, Rui Varela esteve na cara do guarda-redes Filipe Leão, mas permitiu a defesa.
Era o culminar do período de maior assédio à baliza do CD Fátima, com os ribatejanos a esboçarem depois uma ligeira reacção, tendo Mauro Bastos falhado a igualdade na cara de Rego.
A segunda parte começou praticamente com mais uma oportunidade desperdiçada por Rui Varela, de novo apenas com Leão pela frente.
Na resposta, o técnico Diamantino Miranda lançou André Carvalhas e Yartey, dando mais velocidade ao ataque. O avançado ganês não tardou a deixar a sua marca no jogo, ao apontar o golo da igualdade, aos setenta e um minutos, no melhor período dos ribatejanos.
Perante a apatia aveirense, o CD Fátima tentou a sua sorte, carregando sobre a defensiva contrária, com o recém entrado Evandro Brandão a surgir isolado, mas a atirar por cima da barra.
Nos instantes finais, Wilson Eduardo apareceu em boa posição para finalizar, mas o remate saiu ao lado.
Com o empate registado, o CD Fátima e o Beira-Mar deixam a eliminatória em aberto para o jogo da segunda mão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.