O FC Porto registou a pior assistência de sempre no Dragão, no encontro desta noite frente ao Rio Ave. Apenas estiveram 4.433 adeptos no estádio do Dragão, naquela que é a mais baixa assistência da história do recinto portista.

A anterior pior casa tinha-se registado na época 2015/2016, quando o FC Porto teve 4.863 adeptos a ver o jogo da segunda-mão das meias-finais da Taça de Portugal diante do Gil Vicente. Na primeira-mão os Dragões tinham vencido por 3-0 em Barcelos.

Estes números podem ser explicados pelo facto de o FC Porto ter cinco jogos no seu reduto neste mês de dezembro. Além deste duelo com o Rio Ave e o do passado fim de semana com o SC Braga, os Dragões já defrontaram o Atlético Madrid e tem ainda dois jogos com o Benfica, uma para a Liga e outra para a Taça de Portugal.

Como em todos os jogos no Dragão é obrigatório os adeptos apresentarem um teste de COVID-19 negativo e cada cidadão tem direito a quatro testes de borla por mês, é fácil de ver qual o jogo os portistas preteriram.

Sem hipóteses de seguir em frente na Taça da Liga, o encontro com o Rio Ave serviu mais para cumprir calendário e dar minutos a jogadores menos utilizados.

O FC Porto venceu o Rio Ave esta quarta-feira, por 1-0, em jogo da última jornada do grupo D da Taça da Liga de futebol, com o Santa Clara a beneficiar do resultado para garantir o apuramento para as meias-finais.

No estádio do Dragão, o FC Porto, sem Sérgio Conceição no banco devido a castigo, entrou em campo a saber que já não tinha hipótese de seguir em frente na competição, depois da derrota frente ao Santa Clara, mas acabou por vencer a equipa da II Liga, que ainda tinha esperança, com um golo do brasileiro Pepê, aos 83 minutos.

Com este resultado, o Santa Clara garantiu o primeiro lugar do grupo, com quatro pontos, seguido do FC Porto com três e do Rio Ave com um. A equipa açoriana, que esta quarta-feira confirmou a saída do treinador Nuno Campos, vai agora defrontar o Sporting na ‘final four’ da Taça da Liga, enquanto o Benfica, também apurado, ainda aguarda para conhecer o adversário.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.