FC Porto recebeu e empatou frente ao Mafra, na primeira jornada do grupo A da Taça da Liga. Os dragões estiveram a perder por dois golos, mas conseguiram igualar a contenda no segundo tempo.

Foi esta sexta-feira que os azuis e brancos regressaram à competição, com a participação na Taça da Liga, dada a paragem dos campeonatos para a realização do Campeonato do Mundo.

Condicionado pela ausência dos internacionais, Sérgio Conceição mudou cinco pedras. Entraram Cláudio Ramos, Rodrigo Conceição, Bruno Costa, André Franco e Toni Martínez do lado do conjunto portista e mantiveram-se, Marcano, Wendell, Uribe, Galeno, Pepê e Fabio Cardoso.

Antes do início do partida, um momento no Dragão para homenagear Reinaldo Teles, antigo dirigente do FC Porto, que faleceu há dois anos.

Nos primeiros minutos, o FC Porto e Mafra dividiram o comando das operações, com Ença Fati a querer evidenciar-se.

Haveria de ser este protagonista a inaugurar o marcador à passagem do minuto 16´. Cruzamento rasteiro de Lucas Silva e Ença Fati atirou para o fundo da baliza.

Ao minuto 23´, o FC Porto viu uma grande penalidade ser anulada, por fora de jogo de Wendell, que atirou para o fundo da baliza. Aos 38´, o Mafra quase ofereceu um golo ao FC Porto. Diomande arriscou, quase deixou a bola em Toni Martínez, mas conseguiu emendar o deslize e fazer um passe para o colega. Já próximo do intervalo, o Mafra dispôs de uma grande penalidade, depois de mão de Bruno Costa. Na conversão Gui Ferreira não falhou.

Na segunda parte, o FC Porto teria que puxar dos galões para tentar pelo menos chegar ao empate. Logo a abrir o segundo tempo, os azuis e brancos reduziram. Pepê desviou para o fundo da baliza, depois de um ressalto de bola.

A partir daí os dragões, perante 22.217 espectadores foram à procura do empate. João Mário tentou um golo de bandeira num remate em arco, que saiu por cima. No lance a seguir foi Cláudio Ramos a ter que se aplicar, depois de remate de Ença Fati.

Ao minuto 70, os dragões chegariam à igualdade. Míssil de Toni Martínez sem hipótese para o guarda-redes adversário.

Ao minuto 89, o Mafra ficou a jogar com 10, depois de Mattheus Oliveira ter visto segundo amarelo, por falta sobre Galeno.

Com este resultado, o Grupo A fecha a primeira jornada com todas as equipas empatadas com um ponto e o mesmo número de golos, depois de o Desportvo de Chaves ter empatado em casa do Vizela, também a 2-2.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.