O FC Porto deu um grande passe para chegar a final-four da Taça da Liga, ao vencer o Casa Pia por 3-0, em encontro da 2.ª jornada do Grupo D. Os 'dragões' igualaram o Desportivo de Chaves na liderança da prova e, na derradeira jornada, só precisam de empatar fora de casa com os flavienses para seguir em frente. Frente aos 'gansos', brilharam os notívagos Saravia e Luis Diaz, autores de dois dos três golos dos 'dragões'. Soares fez o outro tento. Uribe voltou a ser titular.

Veja as melhores imagens do jogo

Num mês de dezembro que será preenchido, com jogos da Taça da Liga, Taça de Portugal, Primeira Liga e Liga Europa, Sérgio Conceição optou por fazer descansar os jogadores habitualmente titulares. Do onze que venceu o Paços de Ferreira para a Liga, só restou Manafá. O técnico deu a titularidade a Saravia, Uribe e Luis Diáz, três dos quatro jogadores (o outro foi Marchesín) que foram afastados do plantel, antes do dérbi com o Boavista, após terem violado os regulamentos disciplinares do clube. Os quatro estiveram na festa de aniversário da mulher de Uribe além das horas permitidas.

No regresso de um grande ao Estádio Pina Manique, esperava-se um FC Porto dominador, mesmo com vários titulares de fora. Mas o primeiro tempo foi pobre, com muitas perdas de bola, vários jogadores a tentarem resolver as jogadas de forma individual. Defensivamente a equipa estava bem, não dando espaço para as saídas em contra-ataque dos casapianos.

Tiquinho ameaçou de forma acrobática aos quatro, Sérgio Oliveira esteve perto do golo, aos 22, num livre direto, Luis Diáz ainda fez golo aos 27 mas estava em fora-de-jogo. Mas a melhor oportunidade só surgiu aos 31 minutos, com Soares a aparecer isolado e a rematar ao lado, num lance em que tentou tanto colocar a bola fora do alcance do guarda-redes que atirou para fora. Aos 41 minutos surgiu o primeiro remate enquadrado com a baliza, por Bruno Costa, mas o jovem guarda-redes Vanderlaan defendeu com os punhos.

Concentrado na Segunda Liga, onde tenta sair da zona de descida (o Casa Pia é penúltimo, com apenas sete pontos em 11 jogos), Rui Duarte optou por poupar sete titulares, já a pensar no jogo do próximo fim-de-semana frente a Académica de Coimbra. Dominados pelo adversário, só aos 45 minutos é que os gansos atiraram à baliza de Diogo Costa, por Kenidy. Segurou o jovem guarda-redes azul-e-branco.

Sérgio Conceição deve ter 'puxado' as orelhas aos seus jogadores já que, após o intervalo, os 'dragões' voltaram com outra postura. Aos 50 minutos, Sérgio Oliveira viu uma diagonal de Renzo Saravia e colocou-he la a bola. O lateral argentino antecipou-se ao guarda-redes e cabeceou para a baliza, fazendo assim o 1-0. Primeiro golo da carreira enquanto sénior do internacional argentino.

Derrubado a 'muralha', os outros golos surgiram com naturalidade, face a superioridade dos 'dragões' em campo. Aos 60 minutos, Bruno Costa descobriu Luis Diáz nas costas da defensiva do Casa Pia. O colombiano correu para a baliza rematou colocado, fazendo o 2-0. Saiu logo a seguir, depois de uma exibição apagada, para dar lugar a Corona.

E, quando aos 72 minutos, Tiquinho Soares aproveitou um ressalto na área para, com toda a calma, fazer o 3-0, o jogo ficou resolvido. Aproveitou Sérgio Conceição para lançar o jovem Tomás Esteves, lateral de 17 anos, que se estreou na equipa sénior do FC Porto, ele que foi um dos grandes obreiros da vitória dos sub-19 na UEFA Youth League. Também entrou Fábio Silva, avançado de 17 anos, outro obreiro desse título dos jovens 'dragões' mas que já jogou e marcou na Taça da Portugal e no Campeonato e já jogou na UEFA.

Corona, que entrou aos 60 minutos, deve dar dado mais uns cabelos brancos a Sérgio Conceição, tantas foram as más decisões do mexicano. Tentou resolver tudo sozinho, abusou dos lances de um para um e estragou inúmeras situações que podiam criar perigo.

Aos 90 minutos, Nakajima ficou muito perto do golo, num remate colocado que bateu na base do poste dos casapianos.

Com esta vitória, o FC Porto iguala o Desportivo de Chaves na liderança do Grupo D mas com vantagem na diferença de golos. Na última ronda, basta um empate aos 'dragões', na deslocação ao terreno dos flavienses, para seguirem em frente e marcarem presença na 'fina-four' da Taça da Liga.

Veja o resumo do jogo

*Artigo corrigido. O jogo entre o FC Porto e o Chaves é em casa dos flavienses e não no Dragão, como anteriormente referido.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.