Manuel Machado ficou satisfeito com a exibição dos seus jogadores e disse que o jogo foi muito mais que o auto-golo de Mexer, que deu a vitória aos encarnados.
«Não vamos reduzir este jogo a um momento. O jogo teve 93 minutos, temos de olhar para ele como um todo. Foi um jogo muito trabalhado, muito suado, mas com poucas ideias. Os guarda-redes não tiveram momentos de grande aperto. Há dois momentos na primeira parte, por Lucas João e Rondón, que podiam ter outro desfecho e outro na segunda parte, com a bola no poste», começou por dizer, esta segunda-feira, o treinador do Nacional da Madeira na flash-interview da TVI.
«Foi um jogo equilibrado no primeiro tempo, mas no segundo reagimos muito bem, criámos muita pressão. Não criámos muitas ocasiões, excetuando aquela do poste. O golo é um momento de felicidade. O Benfica acaba por beneficiar de um auto-golo e leva os três pontos, fica muito bem posicionado», acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.